Alonso exigiu cláusula em contrato que impede contratação de Vettel, diz TV

Publicado: 3 de fevereiro de 2013 em esportes

Segundo artigo da “BBC”, acordo entre espanhol e Ferrari foi atualizado no fim do ano passado, visando a garantir que alemão não será seu companheiro

03/02/2013
Vettel comemora vitória no GP da Coreia ao lado de Alonso (Foto: Philippe Lopez/AFP Photo)Vettel comemora vitória no GP da Coreia ao lado de Alonso (Foto: Philippe Lopez/AFP Photo)

Apesar das negativas da Ferrari sobre a possibilidade de contratar Sebastian Vettel para 2014 – a mais recente delas foi dada pelo presidente Luca di Montezemolo, durante o lançamento da F138, na última sexta-feira -, Fernando Alonso parece ter agido por conta própria para se precaver em relação ao assunto.

De acordo com artigo do site do canal britânico “BBC”, assinado pelo jornalista Andrew Benson, o tricampeão alemão teria um pré-acordo para migrar da Red Bull à escuderia italiana no ano que vem, em manobra que teria sido, em princípio, autorizada pelo bicampeão espanhol (que, à época, vetou somente o nome de Lewis Hamilton).

Entretanto, após ver seu adversário conquistar o terceiro título seguido da F1 por apenas três pontos, no fim do ano passado, o asturiano teria exigido uma revisão de seu atual contrato com Maranello, incluindo uma cláusula que impede a contratação do piloto de 25 anos enquanto ele estiver no time.

“Fontes próximas à Ferrari dizem que o espanhol e a equipe renegociaram o acordo vigente e uma das exigências de Alonso era que eles não colocassem Vettel ao seu lado”, escreveu.

O vínculo de Alonso com a Ferrari se encerra em 2016, ano em que o hispânico já será um veterano da categoria, com 35 primaveras de vida e 15 temporadas disputadas. Ainda assim, segundo o jornalista, tudo estaria encaminhado para que o acordo seja estendido por mais alguns anos, o que tornaria bastante distante a Vettel o sonho de guiar pelo time vermelho.

“Os acontecimentos parecem encerrar qualquer chance de Vettel mudar para a Ferrari em um futuro mais próximo”, ressaltou o artigo. “De qualquer forma, ele tem consistentemente enfatizado o quão feliz está na Red Bull e já é esperada uma renovação com a equipe até o fim de 2016″, apontou Benson. No momento, o contrato entre o mais jovem tricampeão da história e sua escuderia vence no fim do ano que vem.

Ainda na visão do jornalista, a recente confirmação de que o chefe Christian Horner estará na casa até pelo menos 2017, mais a certeza de que o projetista Adrian Newey também ficará por alguns anos mais, são fatores preponderantes para que Vettel aceite continuar onde está.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s