Por que sugerimos que a cor azul é para meninos e rosa é para meninas?

Publicado: 7 de fevereiro de 2013 em curiosidades

Publicado em 21/01/2013

A resposta para essa pergunta parece estar longe de ser alcançada, pois estudiosos ainda não chegaram a um consenso. Existem diversas explicações que passam por questões culturais e genéticas, mas o que ninguém refuta é a capacidade que a indústria tem de se beneficiar dessa condição.

A neurocientista inglesa Anya Hurlbert sugere que essa preferência possui raízes na pré-história, quando as mulheres eram responsáveis por coletar frutos e consequentemente desenvolveram maior sensibilidade para tons avermelhados.

Steve Palmer, psicólogo da Stanford University (Califórnia, Estados Unidos) discorda dessa teoria. Ele desenvolveu várias pesquisas e chegou a conclusão de que as bases de nossas preferências são formadas de acordo com interações emocionais, ou seja, as cores de que gostamos estão diretamente relacionadas com as coisas de que gostamos.

Atualmente a indústria de brinquedos usa esse comportamento para direcionar as escolhas das crianças. Registros históricos comprovam que rosa era cor para meninos até o início do século 20. Segundo Richard Gottlieb, consultor de uma indústria de brinquedos, a cor passou a ser considerada “feminina” apenas nos anos 50.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s