Bateria dupla, paradonas e solos de guitarra marcam samba na Sapucaí

Publicado: 12 de fevereiro de 2013 em noticias
Tags:, , , , , ,

Mangueira usou duas baterias com 500 ritmistas durante sua apresentação.
Grande Rio fez ‘avalanche’ de ritmistas; Mocidade introduziu rock.

Do G1 Rio

As escolas do Grupo Especial do carnaval do Rio de Janeiro trouxeram algumas surpresas na apresentação das baterias. Paradonas, acordes de guitarra no meio do batuque, “avalanche” de ritmistas e bateria dupla vestida com cores diferentes foram alguns recursos usados pelas agremiações para surpreender e empolgar o público durante os desfiles.

(VÍDEOS AO LADO: bateria dupla da Mangueira; recuo das duas baterias da verde e rosa; bateria da São Clemente; guitarra na bateria da Mocidade; bateria do Salgueiro; “avalanche” na Grande Rio)

Mangueira
A Estação Primeira de Mangueira inovou ao levar para a Sapucaí duas baterias, somando 500 integrantes. Comandadas pelos mestres Ailton Nunes e Marrom, os dois grupos de ritmistas alternaram-se no comando do samba a partir da metade da apresentação. Enquanto uma parte embalava a escola, o restante sambava erguendo os instrumentos. Foram várias trocas da bateria 1 para a bateria 2 até o fim do percurso na noite de segunda-feira (11).

Por diversas vezes a bateria fez ainda paradas para que integrantes da escola e o público no sambódromo pudessem cantar o enredo. Um segundo recuo, improvisado, foi usado para abrigar todos os ritmistas.

A novidade, no entanto, pode ter colaborado para o atraso de seis minutos que a Mangueira teve, também causado por problemas em carros alegóricos. As baterias da Mangueira no enredo sobre a cidade de Cuiabá tiveram como rainha Gracyanne Barbosa.

São Clemente
Primeira a desfilar na noite de segunda-feira (11), a São Clemente deixou que a voz de seus componentes se sobressaísse por um longo tempo. Ao menos cinco vezes durante a passagem pela Sapucaí, os integrantes comandados pelos mestres Gil e Caliquinho fizeram paradonas, silenciando os instrumentos e o carro de som e deixando apenas os foliões da escola cantarem.

A ousadia se repetiu nos trajes dos 270 ritmistas, que usavam uma bem-humorada fantasia de Crô, o mordomo gay de “Fina Estampa”. O ator Marcelo Serrado, que interpretou o personagem na telenovela, desfilou junto com os percussionistas. O enredo da escola foi sobre o horário nobre.

Mocidade
No domingo (10), primeiro dia de desfiles do Grupo Especial, a bateria mais ousada foi a da Mocidade Independente de Padre Miguel, comandada pelos mestres Bereco e Dudu. Acordes de guitarra foram inseridos no meio do samba-enredo, que homenageava o “Rock in Rio”. Empunhando uma guitarra, o cantor e ator Evandro Mesquita desfilou em cima de uma plataforma, que foi elevada por cima dos ritmistas da bateria durante um solo do instrumento. A Blitz, banda na qual Mesquita tocou, participou da primeira edição do Rock in Rio, em 1985.

Salgueiro
Conhecida como Furiosa, a bateria do Acadêmicos do Salgueiro trouxe seus componentes vestindo roupas vermelhas com estampas de Che Guevara. O rosto do líder revolucionário também foi impresso nos instrumentos dos ritmistas, comandados pelo mestre Marcão, que está na escola desde 1984. A escola foi a segunda a passar pela Sapucaí no domingo (11) e apresentou o enredo “Fama”.

Grande Rio
O premiado mestre Ciça preparou uma surpresa com sua bateria da Grande Rio. Em alguns momentos do trajeto, os 310 ritmistas, vestidos como componentes de uma banda de música escolar,  faziam uma “avalanche”, correndo por alguns metros. Também houve várias paradonas ao longo do desfile, de até 15 segundos, na segunda noite de desfiles.

Selo Carnaval 2013 Mangueira (Foto: Arte G1)
Bateria 1 foi chamada de "Maquinistas - no ritmo do trem de bamba" e saiu de verde (Foto: Alexandre Durão/G1)
Bateria 1 chamada de “Maquinistas – no ritmo do trem de bamba” e saiu de verde (Foto: Alexandre Durão/G1)
Ritmistas da bateria 2 da Mangueira representaram cozinheiros e o sabor cuiabano (Foto: Alexandre Durão/G1)
Ritmistas da bateria 2 da escola representaram cozinheiros e o sabor cuiabano (Foto: Alexandre Durão/G1)
Selo Carnaval 2013 São Clemente (Foto: Arte G1)
Bateria vestida de Crô, personagem de Marcelo Serrado na novela Fina Estampa (Foto: Alexandre Durão/G1)
Bateria vestida de Crô, personagem de Marcelo Serrado na novela Fina Estampa (Foto: Alexandre Durão/G1)
Ator Marcelo Serrado prestigiou homenagem da São Clemente a seu personagem (Foto: Alba Valéria Mendonça/G1)
Ator Marcelo Serrado viu homenagem da São Clemente a seu personagem (Foto: Alba Valéria Mendonça/G1)
Mocidade selo (Foto: G1)
Rainha Camila Silva à frente da bateria durante desfile da Mocidade (Foto: Alexandre Durão/G1)
Rainha Camila Silva à frente da bateria durante desfile da Mocidade na Sapucaí (Foto: Alexandre Durão/G1)
Evandro Mesquita se uniu aos sambistas e empunhou guitarra presente no samba (Foto: Alexandre Durão/G1)
Evandro Mesquita se uniu a sambistas e empunhou guitarra presente no samba (Foto: Alexandre Durão/G1)
Salgueiro selo (Foto: G1)
Integrantes da bateria com fantasia inspirada na imagem icônica de Che Guevara (Foto: Sergio Moraes/Reuters)
Integrantes da bateria com fantasia inspirada na imagem de Che Guevara (Foto: Sergio Moraes/Reuters)
A mais famosa imagem de Che Guevara estampou os instrumentos do Salgueiro (Foto: Alexandre Durão/G1)
A mais famosa imagem de Che Guevara estampou os instrumentos do Salgueiro (Foto: Alexandre Durão/G1)

Selo Carnaval 2013 Grande Rio (Foto: Arte G1)

A dançarina Carla Prata, rainha da bateria da Grande Rio, desfila pela escola na Sapucaí (Foto: Alexandre Durão/G1)

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s